sábado, 14 de septiembre de 2019

GUÍA LIGA NÓS DE PORTUGAL 2019/2020


GUÍA DA LIGA PORTUGUESA
GUÍA NOS 2019/2020

Os “Encarnados” lograron cortar la racha e impidieron al Porto ganar su quinto titulo al hilo, la versión 2019/2020 parece nuevamente tener el duelo entre Benfica y Porto, corriendo por fuera el otro grande: Sporting.
No entanto, o campeão português o Benfica vem com algumas mudanças importantes para a temporada. Depois da aposentadoria de Jonas, principal goleador da equipe nas últimas temporadas, a equipe também perdeu a joia João Félix, vendido para o Atlético de Madrid por €126 milhões. Além disso, dos quase € 190 milhões de euros acumulados, menos de € 45 milhões foram reinvestidos em contratações, e a grande esperança do clube pode ser o brasileiro Carlos Vinícius, que chega do Napoli para ocupar a posição de carência no ataque.
Do outro lado, o Porto, que dominou o futebol no país, conquistando 13 títulos em 18 anos, entre as temporadas 95/96 e 2012/2013, investiu pesado o dinheiro arrecadado na pré-temporada. As principais contratações são do volante Matheus Uribe, que estava no América do México, e do japonês Nakajima, que estava no Al Duhail.
Saúde financeira
Das cinco grandes ligas da Europa, o Campeonato Português é o único que chegou até aqui lucrando. Conhecidos por revelar bons jogadores, o futebol luso mantém a tradição de contratar por pouco e vender por muito. Até aqui, foram investidos € 137,5 milhões em contratações entre os 18 principais clubes do país. Já o valor que entrou nos caixas é quase € 200 milhões maior, chegando a € 337,2 milhões.
O Benfica foi o clube que mais movimentou dinheiro, mesmo não sendo o que mais contratou. A venda de João Félix sozinha paga quase que completamente o valor investido em contratações por todos os clubes da liga juntos
De esta liga salieron tres de los mejores del mundo: el DT José Mourinho, el empresario Jorge Mendez y el ariete Cristiano Ronaldo, Portugal es también campeón de Europa y campeón actual de la Copa de Naciones, todo eso se debe tener en cuenta al momento de valorar o no la Liga NOS.

 CAMPEONATO PORTUGUÊS
Período: 9/8/2019 a 17/5/2020
Clubes: 18
Jugadores: 562
Extranjeros: 348 (61,9%)
Promedio de edad: 25,1 años
Gastos em contrataciones : € 137,5 millones
Quien más gasto:  Porto, € 60 millones
Cupos en Champions League: 2


COMO FUE LA TEMPORADA 2018/2019
Campeón: Benfica
Clasificados a la Champions: Benfica e Porto
Clasificados a la Europa League: Sporting, Braga e Vitória de Guimarães
Quién descendió: Chaves, Nacional e Feirense
Gols: 826 / Partidos: 306 / Promedio de goles por partido: 2,70
Goleador: Haris Seferovic (Benfica), 23
Promedio de público por partido: 11.692 pagantes
Mejor media de público: Benfica (53.824)





AVES
CD Aves
Fundação: 1930
Título: não tem
Estádio: Das Aves (5.441)
Time-base (4-3-3)
Beunardeau
Mato Milos, Adam Dzwigala, Mehremic e Afonso Figueiredo;
Falcão, Enzo e Kahraba
Ruben Macedo, Mohammadi e Welinton Júnior
Técnico: Augusto Inácio
Brasileiros: Raphael Aflalo, Bruninho, Bruno Xavier, Peu, Fábio Szymonek, Welinton Júnior, Erik e Bruno Jesus
Estádio:
Estádio do Clube Desportivo das Aves
Capacidade:
5.441
Data de Fundação:
1930
Orçamento:
5 milhões
Treinador
Augusto Inácio
Onze provável:
Beunardeau
Mato Milos
Mehremic
Simunec
Afonso Figueiredo
Estrela
Falcão
Enzo Zidane
Rúben Macedo
Kahraba
Peu
Augusto Inácio fez o que poderia ser impensável para muitos e garantiu mais uma manutenção, com uma recuperação para os livros da história do clube. Com um plantel totalmente renovado, o Aves entra na nova época com o mesmo objetivo.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Enzo ZidaneUm sobrenome que carrega todo o peso do mundo. O pai foi um dos melhores jogadores da história, e é hoje um treinador de referência. Enzo fez toda a formação no Real Madrid, e chegou mesmo a apontar um golo na equipa principal, em 2016/17. Na última temporada, mostrou qualidade no Rayo Majadahonda, na segunda divisão espanhola, e, aos 24 anos, procura a afirmação definitiva numa primeira divisão.
Rúben MacedoAs boas indicações no Chaves permitem a continuidade do extremo no primeiro escalão.
BeunardeauO guarda-redes merece a confiança de Augusto Inácio para continuar a defender a baliza do clube.
Afonso FigueiredoPassagem pelo Rio Ave não correu bem. Chega ao Aves para replicar o que mostrou no Boavista.
KahrabaInternacional egípcio é pupilo de Salah e terá uma segunda oportunidade no futebol europeu.
Entradas
- Rúben Macedo
- Afonso Figueiredo
- Enzo Zidane
- Bruninho
- Dzwigala
- Kahraba
- Peu
- Bruno Jesus
- Bruno Xavier
- Mehrdad Mohammadi
- Estrela
- Welinton Junior
- Mehremic
- Touré
- Kevin Yamga
- Simunec
Saídas
- Luquinhas
- Vítor Gomes
- Jorge Fellipe
- Braga
- Fariña
- Defendi
- Rodrigo Soares
- Ponck
- Mama Baldé
- Galo
- Derley

Clube Desportivo das Aves
O Desportivo das Aves é uma equipe da Vila das Aves, fundado em 12 de Novembro de 1930. Na temporada 2016/2017 a equipe subiu a Primeira Liga, pela quarta vez em sua história.
Desde então se mantem na Primeira Liga. A equipe tem como um dos seus principais feitos históricos a conquista da Taça de Portugal, diante de Sporting Clube de Portugal por 2-1.
Estádio: O Desportivo Aves manda seus jogos no Estádio do Clube Desportivo das Aves, inaugurado em 1981 e com capacidade para 5.441 espectadores.
Treinador Atual: Augusto Inácio.
Plantel: O clube possui 27 jogadores em seu plantel, sendo 21 estrangeiros e a média de idade é de 24,5 anos.
Valor de Mercado Total: 10,70 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.aves guia 2
O que esperar do Desportivo das Aves:
A equipe acabou a temporada passada na 14ª posição com 36 pts. Posição está que cumpriu com o objetivo de se manter na primeira liga mais uma temporada.
Seus grandes destaques foram Rodrigo Soares, Mama Baldé e Jorge Felipe. Porém todos estes foram negociados e não estarão presentes na temporada atual.
As principais contratações da equipe até o momento são Kahraba (Extremo Esquerdo), Enzo Zidane (Médio Ofensivo) e Estrela (Médio Defensivo).
Como principal ponto de melhoria temos o setor defensivo no qual sofreram 49 gols na temporada passada.

BELENENSES

Os Belenenses
Fundação: 1919
Título: 1
Estádio: Estádio do Restelo (19.856)
Time-base (4-3-3)
André Moreira
Gonçalo Tavares, Gonçalo Silva, Nuno Coelho e Francisco Varela;
André Santos, André Sousa e Matija Ljulic;
Lucca, Kikas e Licá
Técnico: Jorge Silas
Brasileiros: Eduardo Kau, Dieguinho, Jonatan Lucca e Douglas Aurélio
Estádio:
Estádio Nacional do Jamor
Capacidade:
37.593
Orçamento:
3,5 milhões
Treinador
Silas
Onze provável:
Mika
Gonçalo Tavares
Gonçalo Silva
Nuno Coelho
Gonçalo Agrelos
André Santos
Jonathan Lucca
André Sousa
Licá
Dieguinho
Kikas
Entre a turbulência da disputa entre clube e SAD, Silas liderou o Belenenses a uma época tranquila e muito positiva, com um futebol atrativo. Esta época, os azuis tentarão repetir e, se possível, superar as boas prestações da temporada passada.
Figuras
Licá: deu um “passo atrás” para dar dois à frente, com o regresso ao Belenenses. Com Silas, o avançado encontrou o seu melhor futebol e, na temporada passada, foi o farol de uma das surpresas do campeonato. Se Silas é o capitão do navio da SAD azul, Licá é o imediato, com exibições de encher o olho e as qualidades que já lhe eram reconhecidas que, aliadas à experiência, tornam-no um dos jogadores mais destacados do campeonato.
KikasO jovem "explodiu" no final da última época, com cinco golos em oito jogos. O objetivo é manter a toada.
André SousaO médio regressa, após empréstimo, para pautar o jogo da equipa de Silas e ajudá-la a sonhar mais alto.
André SantosParte para a segunda época no Belenenses como peça chave. Empresta requinte à metade defensiva do miolo.
Gonçalo Silva: O central e capitão perdeu o companheiro de setor, pelo que terá de se superar, para conseguir segurar o barco.
Entradas
- Imad Faraj
- Hakim Ouro
- André Moreira
- Simón Ramírez
- Eduardo Kau
- Chima Akas
- Francisco Varela
- Dieguinho
- Boukholda
- Charles Brym
- Hervé Koffi
Saídas
- Diogo Viana
- Sasso
- Muriel
- Eduardo Henrique
- Dálcio Gomes
- Zakarya
- Henrique Almeida
- Dieguinho
- Cleylton
- Tiago Caeiro
- Pierre Sagna
Belenenses SAD
Os Belenenses SAD, é um clube de futebol profissional sediado em Lisboa, Portugal, fundado em 1 de Julho de 2018.
equipe fundada recentemente deve-se a uma divergência entre o Clube e a SAD do Belenenses, na qual se arrastava desde 2012.
Assim ouve o desmembramento em duas equipas, a equipe “Belenenses SAD” na qual irá fazer parte da Primeira Liga e “Os Belenenses” que disputará a terceira divisão distrital de Lisboa.
Estádio: O Belenenses SAD manda seus jogos no Estádio Nacional do Jamor, com capacidade para 41.000 espectadores.
Treinador Atual: Jorge Manuel Rebelo Fernandes (Silas).
Plantel: O clube possui 30 jogadores em seu plantel, sendo 15 estrangeiros e a média de idade é de 24,9 anos.
Valor de Mercado Total: 11,20 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.belenenses guia 2
O que esperar do Belenenses SAD:
A equipe acabou a temporada passada na 9ª posição com 43 pts. Posição está que excedeu as expectativas, pois apesar de um clima conturbado internamente com o desfecho da criação de uma nova equipe, ainda sim se saíram muito bem e os jogadores deram tudo de si em campo.
Seus grandes destaques foram Gonçalo Tavares, Fredy Ribeiro e Reinildo (vendido ao Lille).
A equipe vem confiando na solidez de seu defesa central Gonçalo Silva e na criação de jogadas do médio central Jonathan Lucca para alcançarem seus objetivos desta temporada.
Como principal ponto de melhoria temos o setor defensivo no qual sofreram 51 gols na temporada passada.

BENFICA

SL Benfica
Fundação: 1904
Títulos: 37
Estádio: da Luz (64.642)
Time-base (4-4-2)
Vlachodimos
André Almeida, Ferro, Rúben Dias e Grimaldo
Pizzi, Florentino, Gabriel e Rafa
Raúl de Tomás e Seferovic
Brasileiros: Caio, Gabriel, Jardel e Carlos Vinícius
Estádio:
Estádio da Luz
Capacidade:
64.642
Orçamento:
90 milhões
Treinador
Bruno Lage
Onze provável:
Vlachodimos
André Almeida
Jardel
Rúben Dias
Grimaldo
Florentino
Gabriel
Pizzi
Rafa
Raúl De Tomás
Seferovic
Recuperado o estatuto de campeão, o Benfica pretende cimentar o domínio no futebol português. A aposta na formação alia-se a reforços cirúrgicos, com Bruno Lage a tentar transformar o fator surpresa da época passada em efeito duradouro.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Seferovic Passou de proscrito a indispensável. O suíço era um "patinho feio", mas os seus golos revelaram-se fundamentais para o Benfica vencer o campeonato e ainda lhe valeram o título de melhor marcador. Seferovic encaixa que nem uma luva no sistema de Bruno Lage e vai sobrevivendo a todas as mudanças de parceiro, para se impor uma e outra vez como o farol do ataque do Benfica.
PizziNo meio ou à direita, é o motor criativo da equipa. Quando Pizzi está bem, é difícil parar o Benfica.
RafaO "abre-latas" do Benfica. À terceira temporada na Luz, confirmou finalmente tudo o que prometera no Braga.
Raúl de TomásReforço sonante, vindo da ilustre escola de avançados do Real Madrid, para fazer esquecer João Félix.
Rúben DiasCentral imponente e de grande maturidade, não obstante a idade, e um dos líderes do campeão.
Entradas
- Raúl de Tomás
- Carlos Vinícius
- Chiquinho
- Cádiz
- Caio Lucas
Saídas
- João Félix
- Jonas
- Salvio
- Yuri Ribeiro
- Krovinovic
- Corchia
Últimas do SL Benfica
 Benfica
O Sport Lisboa e Benfica é uma das maiores equipes de Portugal, fundado em 28 de Fevereiro de 1904. Fica localizado na freguesia de São Domingos de Benfica, em Lisboa.
O clube possui incríveis 184.264 sócios, estando na lista dos clubes com mais sócios no mundo.
O Benfica é o clube mais bem sucedido em Portugal com mais de 80 títulos, incluindo competições internacionais, sendo assim o único clube que ganhou todas as competições portuguesas.
Estádio: O Benfica manda seus jogos no Estádio da Luz, com capacidade de 65.000 espectadores.
Treinador Atual: Bruno Lage
Plantel: O clube possui 29 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 24,9 anos.
Valor de Mercado Total: 314,70 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.benfica guia 2
O que esperar do Benfica:
A equipe sagrou-se CAMPEÃ na temporada passada com 87 pts. Com grandes exibições durante a temporada demonstraram uma qualidade inigualável na frente da baliza totalizando INCRIVEIS 103 gols no campeonato.
Ainda de quebra tiveram a segunda defesa menos vazada com apenas 31 gols sofridos. Seus grandes destaques foram Rafa, Pizzi e João Felix (vendido ao At. Madrid 126M€).
A equipe vem confiante no entrosamento para esta temporada e apesar da grande perda após a venda de João Felix, a equipe não perdeu tempo e foi buscar Raul de Tomás “RDT” como novo avançado, o jogador ex Real Madrid chega a equipe por 20M€ e status de artilheiro após uma ótima passagem por empréstimo ao Rayo Vallecano.
Para esta temporada esperamos uma continuação de um ótimo trabalho idealizado pelo treinador Bruno Lage, na qual põem a equipe para avançar e pressionar seu adversário a todo momento.

BOAVISTA

Boavista FC
Fundação: 1903
Títulos: 1
Estádio:  Do Bessa (28.263)
Time-base (4-3-3)
Helton Leite
Edu Machado, Neris, Ricardo Costa e Talocha
Rafael Costa, Obiora e Fábio Espinho
Mateus, Yusupha e Heriberto
Técnico: Lito Vidigal (Angola)
Brasileiros: Rafael Bracalli, Lucas Tagliapietra, Perdigão, Gustavo Sauer, Rafael Costa, Neris, Paulinho, Helton Leite e Marlon
Estádio:
Estádio do Bessa Século XXI
Capacidade:
28.263
Orçamento:
3 milhões
Treinador
Lito Vidigal
Onze provável:
Helton Leite
Edu Machado
Ricardo Costa
Neris
Marlon
Obiora
Rafael Costa
Heriberto
Fábio Espinho
Bueno
Yusupha
Com Lito Vidigal, o Boavista teria ficado nos primeiros lugares do campeonato, na época passada, a julgar pela amostra. A intenção é alastrar os resultados positivos a toda a época e, quem sabe, sonhar mais alto do que a manutenção.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
BuenoO avançado espanhol chegou ao Bessa em janeiro e, em 15 jogos, reconciliou-se com o futebol. Bueno teve vários problemas no FC Porto, mas a sua classe nunca esteve em dúvida. Afinal, não é por acaso que um jogador marca 17 golos numa só época em Espanha. Pelos vistos, Bueno só precisava mudar de zona, no Porto, para voltar a ser feliz. No e na Boavista, assumiu-se como estrela e a aposta tem dado frutos.
HeribertoO extremo fez grande época no Moreirense. No Bessa, tentará continuar a evoluir e a explanar o seu talento.
Fábio EspinhoA classe não tem idade. Unida à experiência, resulta num médio indispensável para qualquer treinador.
Ricardo CostaAos 38 anos, cumpre o sonho de jogar na equipa principal do Boavista. A sua experiência será valiosa.
Helton LeiteUma das revelações da última época. Com o ex-Botafogo na baliza, é difícil marcar golos ao Boavista.
Entradas
- Ricardo Costa
- Iván Bulos
- Lucas Tagliapietra
- Heriberto
- Walter Clar
- Stojiljkovic
- Fernando Cardozo
- Cassiano
- Gustavo Dulanto
- Paulinho
- Marlon
Saídas
- Falcone
- Gonçalo Cardoso
- Jubal
- Rafa Lopes
- André Claro
- Jeka
- Talocha
- Aymen Tahar
- Matheus Índio
- William Menezes
- Samu
- Assis
Boavista
O Boavista Futebol Clube é um clube da cidade do Porto, fundada em 1 de Agosto de 1903 e sediada em Boavista no concelho do Porto.
É o quarto clube com mais títulos nacionais em futebol profissional, sendo uma Primeira Liga, 5 Taças de Portugal e 3 Supertaças, apenas superado pelos 3 grandes.
Estádio: O Boavista F.C manda seus jogos no Estádio do Bessa, com capacidade para 28.263 espectadores.
Treinador Atual: Lito Vidigal
Plantel: O clube possui 33 jogadores em seu plantel, sendo 21 estrangeiro e a média de idade é de 26,3 anos.
Valor de Mercado Total: 17,65 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.boavista guia 2
O que esperar do Boavista:
A equipe acabou a temporada passada na 8ª posição com 44 pts. Posição está que atendeu com as expectativas da equipe.
Após três temporadas figurando entre os nove primeiros colocados já possuem a sensação de buscar algo mais, quem sabe uma vaga na Liga Europa. Seus destaques foram o defesa central brasileiro Neris e o lateral esquerdo Talocha.
A equipe vem confiando na solidez defensiva de Neris e Talocha e nas mãos seguras de seu experiente guarda redes Bracali.
O Bessa foi ao mercado buscar o experiente defesa central Ricardo Costa (Ex seleção nacional) e os avançados Cassiano ex CSA e o peruano Ivan Bulos.
Essas ultimas contratações veem como objetivo de melhorar o desempenho a baliza pois na temporada passada foram a pior equipe não despromovida neste quesito, concluindo suas jogadas em gol em apenas 34 vezes.

BRAGA

SC Braga
Fundação: 1921
Título: não tem
Estádio: Municipal de Braga (30.286)
Time-base (4-3-3)
Matheus
Esgaio, Bruno Viana, Pablo e Sequeira
Fransérgio, Palhinha e André Horta
Wilson Eduardo, Paulinho e Ricardo Horta
Brasileiros: Matheus, Vitor Tormena, Lucas Cunha, Claudemir, Pablo Renan, Murilo, Fransérgio, Raul Silva, Bruno Viana, Crislan e Galeno
Estádio:
Estádio Municipal de Braga
Capacidade:
30.286
Orçamento:
25 milhões
Treinador
Sá Pinto
Onze provável:
Matheus
Esgaio
Bruno Viana
Pablo Santos
Sequeira
Palhinha
André Horta
Fransérgio
Wilson Eduardo
Ricardo Horta
Paulinho
SC Braga
O que parecia ser uma época de continuidade revelou-se de revolução, com a saída de Abel e consequente entrada de Sá Pinto no banco e várias mudanças estruturais no plantel. O objetivo continua a ser cimentar o estatuto de quarto grande.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Ricardo HortaÉ difícil chamar-lhe jovem ou promissor, quando leva já tantas épocas ao mais alto nível e quase sempre como titular indiscutível. No Braga, aos 21 anos, Ricardo Horta já era uma das figuras. Aos 24, é a estrela. Qualidade técnica, velocidade e inteligência para dar e vender conjugam-se num extremo sem medo de decidir jogos.
PaulinhoFace à saída de Dyego Sousa, cabe ao português assumir as despesas do ataque do Braga.
Wilson EduardoO capitão terá como objetivo dar continuidade à temporada passada, a melhor da carreira.
André HortaO mais novo dos irmãos Horta regressa a Portugal, e ao Braga, para voltar a mostrar todo o seu talento.
Bruno VianaSegurou a defesa do Braga durante as lesões dos companheiros e ergueu-se como o novo líder do eixo.
Entradas
- André Horta
- Cajú
- Diogo Viana
- Galeno
- Vítor Tormena
- Eduardo
Saídas
- Dyego Sousa
- Marafona
- Goiano
- Ricardo Ferreira
- Fábio Martins
- Alef
- Aílton
Braga
O Sporting Clube de Braga foi fundado em 19 de janeiro em 1921 e sediado na Cidade de Braga.
O Sporting de Braga é o sétimo clube português com mais títulos de futebol.
Incluindo conquistas da Taça de Portugal nas épocas de 1965/66 e 2015/16, da Taça Federação Portuguesa de Futebol em 1976/77 e da Taça da Liga em 2012/13.
Nas últimas épocas classificou-se repetidamente nos cinco primeiros postos do campeonato português, assegurando presenças assíduas na Taça UEFA e Liga dos Campeões com resultados meritórios.
Estádio: O Sporting Clube de Braga manda seus jogos no Estádio Municipal de Braga, com capacidade para 30.286 espectadores.
Treinador Atual: Ricardo Sá Pinto .
Plantel: O clube possui 30 jogadores em seu plantel, sendo 15 estrangeiros e a média de idade é de 26,0 anos.
Valor de Mercado Total: 92,05 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.braga guia 2
O que esperar do Braga:
A equipe acabou a temporada passada na 4ª posição com 67 pts. Posição está que já era esperada da equipe.
A alguns anos seguidos os bracarenses ocupam posições superiores na tabela, cada vez mais próximos dos “3 grandes” hoje podemos dizer sem sombra de dúvidas que a equipe comandada por Sá Pinto é a 4ª força nacional.
Seus grandes destaques foram o artilheiro Dyego Sousa (vendido ao Shenzen FC 5,4M€), o lateral esquerdo Nuno Sequeira e o defesa central Bruno Viana. A equipe vem confiante no seu entrosamento para a próxima temporada.
Principalmente seu sistema defensivo que deram poucas oportunidades ao seus rivais. Para fortalecer ainda mais os bracarenses foram ao mercado buscar o experiente guarda redes Eduardo, formado na própria base do clube.
A aquisição do médio central André Horta ao Los Angeles FC por 2,5M€ também demonstra a continuidade do trabalho. Devemos manter os olhos atentos ao jovem médio central Bruno Xadas e na qualidade do ponta de lança Paulinho.

FAMALICÃO

FC Famalicao
Fundação: 1931
Título: não tem
Estádio: Municipal 22 de Junho Vila Nova de Famalicão (5.307)
Time-base (4-3-3)
Rafael Defendi
Lion, Nehuén Pérez, Riccieli e Josh Tymon
Guga, Gustavo Assunção e Pedro Gonçalves
Fábio Martins, Anderson e Rúben Lameiras
Técnico: João Pedro Sousa
Brasileiros: Rafael Defendi, Lionn, Hugo Gomes, Walterson, Gustavo Assunção, Riccieli, Vitor Caetano, Anderson Silva, Gabriel Souza e Patrick William
Estádio:
Estádio Municipal de Famalicão
Capacidade:
5.500
Orçamento:
7 milhões
Treinador
João Pedro Sousa
Onze provável:
Defendi
Lionn
Nehuén Pérez
William
Tymon
Guga
Gustavo Assunção
Pedro Gonçalves
Fábio Martins
Diogo Gonçalves
Anderson
O clube minhoto passou pelas ruas da amargura, desceu aos distritais, e voltou à I Liga, depois de 25 anos de ausência. Com um treinador estreante no cargo e um plantel recheado de talento, o Famalicão pode surpreender neste regresso.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Fábio MartinsPode ser uma das figuras do campeonato. Mostrou a sua qualidade no Desportivo de Chaves e no Braga. Na última temporada, somou poucos minutos no clube bracarense, e troca de clube para voltar à ribalta. Velocidade, técnica, e tendência para os grandes golos são alguns dos pontos fortes do extremo de 26 anos, um dos mais velhos num plantel muito jovem.
GugaFormado no Benfica, dá agora o salto para a I Liga, depois de um empréstimo no futebol grego.
Diogo GonçalvesO extremo quer relançar carreira, depois da pouca utilização no empréstimo no Nottinham Forest.
WaltersonEssencial na subida à I Liga, o extremo é dos poucos jogadores que continuam no plantel.
Nahuen PérezEmprestado pelo Atlético de Madrid, é considerado um dos defesas-centrais mais promissores da Argentina.
Entradas
- Toni Martínez
- Nicolás Schiapacasse
- Guga
- Cafu Phete
- Lionn
- Pedro Gonçalves
- Gustavo Assunção
- Vítor Caetano
- Josh Tymon
- Patrick William
- Fábio Martins
- Pedro Gonçalves
- Lawrance Ofori
- Rúben Lameiras
- Alex Centelles
- Luka Oliveira
- João Caiado
- Nehuén Pérez
- Riccieli
- Uros Racic
Saídas
- Ricardo
- Fabinho
- Victor García
- Feliz
- Ângelo
- Fabrício
- Deni Hocko
- Victor Garcia
- Joel Monteiro
- Filipe Oliveira
- Alhassane Sylla
- Ângelo Meneses
- Eduardo Mendes
- David Luís
- Jorge Miguel
- Pathé Ciss
- Koffi
- Guzzo
- Benny Ashley-Seal
- Damien Furtado
- Capela
- Luís Rocha
Famalicão
O Futebol Clube de Famalicão é um clube de futebol português sediado na cidade de Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga.
Fundado a 21 de agosto de 1931. Destaca-se pelo intenso apoio bairrista dos habitantes de Famalicão que desloca multidões para ver o seu clube da terra jogar. Atualmente conta apenas com a modalidade de futebol, dispondo de camadas de formação a partir da sua Academia.
Estádio: O Famalicão FC manda seus jogos no Estádio Municipal de Famalicão, com capacidade para 5.300 espectadores.
Treinador Atual: João Pedro Souza.
Plantel: O clube possui 26 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 23,1 anos.
Valor de Mercado Total: 14,15 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.famalicao guia 2
O que esperar do Famalicão:
Após conseguir o acesso a equipe veem com tudo para garantir seu lugar na Primeira Liga e quem sabe lutar por algo maior. A equipe foi adquirida recentemente por um grupo na qual detém de 51% do capital da SAD.
Grupo este que possui 32% do Atlético Madrid. Para comandar este projeto ambicioso temos João Pedro Sousa, ex adjunto de Marco Silva (Treinador do Everton – Premier League) na qual irá tomar as rédeas da equipe e estrear-se na liga com grandes objetivos.
A equipe sentira falta dos gols do avançado Fabrício (eleito melhor futebolista da 2ª Liga pelo CNID). Como novidades temos a chegada do defesa central Nehuen Pérez, um jovem muito promissor que chega por empréstimo do Atlético Madrid.
Fica a curiosidade de como esta parceria irá se estender, pois seria muito benéfica a equipe receber mais jovens de qualidade do clube madrileno.
* Devido a equipe ter disputado divisões inferiores não iremos considerar as estátisticas destas partidas.


GIL VICENTE

Gil Vicente FC
Fundação: 1924
Título: não tem
Estádio: Cidade de Barcelos (12.504)
Time-base (4-2-3-1)
Bruno
Alex Pinto, Ruben Fernandes, Rodrigão e Arthur
Soares e João Afonso
Erick, Kraev e Lourency
Sandro Lima
Técnico: Vitor Oliveira
Brasileiros: Bruno, Soares, Rodrigo Prado, João Afonso, Lourency, Erick, Arthur Henrique, Kellyton, Leó Cordeiro, Samuel Lino, Wellington, Sandro Lima, Denis e Nogueira
Estádio:
Estádio Cidade de Barcelos
Capacidade:
12.000
Orçamento:
4,3 milhões
Treinador
Vítor Oliveira
Onze provável:
Denis
Alex Pinto
Rúben Fernandes
Rodrigão
Arthur Henrique
William Soares
Claude Gonçalves
Kraev
Lourency
Erick
Sandro Lima
O clube de Barcelos sobe diretamente do Campeonato de Portugal para a I Liga, o que significou uma total restruturação no clube, plantel e equipa técnica. Vítor Oliveira é o homem para liderar a difícil missão de manter o Gil na primeira divisão.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Sandro Lima Ponta-de-lança de referência na II Liga voltará a ter oportunidade no principal escalão, depois de uma temporada no Rio Ave, em 2013/14. Deixou a sua marca no Académico de Viseu, Chaves e Estoril, e terá de continuar a ser matador para ajudar a equipa de Vítor Oliveira a somar os pontos necessários para alcançar a tão desejada manutenção, após o salto direto do Campeonato de Portugal.
Rúben Fernandes Defesa-central é o jogador com mais experiência do plantel na I Liga, com quase 150 jogos disputados.
Alex Pinto Boas exibições no empréstimo no Minho podem valer integração no plantel principal do Benfica.
William Soares Médio-defensivo brasileiro arranca a sua décima temporada no futebol português.
Kraev Internacional búlgaro promete surpreender com golos e assistências a partir do meio-campo.
Entradas
- Sandro Lima
- Claude Gonçalves
- William Soares
- Henrique Gomes
- Márcio Meira
- Lourency
- João Afonso
- Bozhidar Kraev
- Zakaria Naidji
- Nogueira
- Samuel Dias
- Rúben Fernandes
- Erick
- Alex Pinto
- Léo Cordeiro
- Petkovski
- Rodrigo Prado
- Bruno Ferreira
- Kellyton
- Denis
- Mladenovic
Saídas
- Júnior
- Tiago Gomes
- Bruno Morais
- Marco Espíndola
- Victor Brasil
- Rafa Pires
- Henrique Brito
- Emerson
- Diogo Ramalho
- James Arthur
- Tiger
- Dimba
- Rui Gomes
- Bruno Lopes
- João Silva
- Silas
- Tanko
- Mejía
- Rui Faria
Gil Vicente
Gil Vicente Futebol Clube é sediado na cidade de Barcelos e foi fundado em 3 de maio de 1924.
A equipa possui 5 títulos, o último conquistado em 2011, a Segunda Liga. O Gil Vicente ainda disputou uma final da Taça da Liga de 2011–12 , alcançada em 2012, perdendo diante do SL Benfica, por 2–1.
O clube teve a sua subida ao primeiro escalão do futebol português garantida para esta epoca, após o desenvolvimento do “Caso Mateus”. Este caso iniciou-se em 2006 quando foi constatado que o jogador atuou com estatuto de amador.
Sendo assim o clube despromovido para divisões inferiores e após 11 anos de desenvolvimento judicial foi declarado que este possui o direito de retornar ao primeiro escalão nacional, na temporada que ira iniciar-se.
Estádio: O Gil Vicente Futebol Clube manda seus jogos no Estádio Cidade de Barcelos, com capacidade para 12.504 espectadores.
Treinador Atual: Vitor Oliveira
Plantel: O clube possui 36 jogadores em seu plantel, sendo 22 estrangeiros e a média de idade é de 23,3 anos.
Valor de Mercado Total: 5,55 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.gil vicente guia 2
O que esperar do Gil Vicente:
A equipe conseguiu o tão esperada acesso a Primeira Liga, após a conclusão do “caso Mateus”. A equipe competiu a temporada anterior o Campeonato de Portugal sabendo que iriam disputar a Primeira Liga esta temporada.
Como referências desta equipe temos o renomado Vítor Oliveira mais conhecido como “O rei das subidas”.
O plantel atual é um dos mais jovens da competição em sua maioria por novos jogadores e que não possuem nenhuma experiência na Primeira Liga, sendo assim devemos aguardar e ver o que os miúdos podem fazer, tendo em vista que a equipe tem como objetivo evitar a despromoção.
Como líder desta equipe destaca-se o defesa central e capitão Ruben Fernandes no qual tem passagens pelo Portimonense e futebol belga.

MARÍTIMO

CS Marítimo
Fundação: 1910
Título: 1
Estádio: Do Marítimo (10.600)
Time-base (4.2-3-1)
Charles
Nanú, Zainadine, Kerkez e Rúben Ferreira
Bambock e Vukovic
Correa, Cley e Erivaldo
Getterson
Técnico: Nuno Manta Santos
Brasileiros: Bebeto, Douglas Grolli, Lucas Áfrico, Rodrigo Pinho, Getterson, Renê, Baiano, Jhon Cley, Marcelinho e Charles
Estádio:
Estádio do Marítimo
Capacidade:
10.600
Orçamento:
9 milhões
Treinador
Nuno Manta Santos
Onze provável:
Charles
Bebeto
Zainadine
Grolli
Rúben Ferreira
Bambock
Vuckovic
Cley
Correa
Edgar Costa
Daizen Maeda
2018/19 foi uma temporada para esquecer. O Marítimo nadou por mares revoltos, com a despromoção à vista. Nuno Manta Santos chega à Madeira para trazer a bonança. O objetivo é a qualificação europeia, que escapou nas últimas duas épocas.
Figuras
Charles Afirmou-se, em definitivo, como titular, apesar da concorrência de Amir. Na sua quinta temporada no clube, poderá ultrapassar os 100 jogos com a camisola do Marítimo. Aos 25 anos, começa a dar sinais de maturação e a mostrar a qualidade que revelou aos 20 anos de idade, quando deixou o Vasco da Gama e assinou pelo Marítimo. Fez das defesas mais vistosas do campeonato, fruto dos seus fantásticos reflexos.
Edgar Costa: Capitão de equipa arranca mais uma época na Madeira, com especial aptidão para os livres diretos.
Daizen Maeda  Expectativas altas para o extremo, internacional pelo Japão e que se estreia no futebol europeu.
Rodrigo Pinho Avançado poderá ganhar novo protagonismo na frente de ataque, após a saída de Joel Tagueu.
Zainadine O mais utilizado na última temporada, indiscutível no centro da defesa.
Entradas
- Erivaldo
- Jhon Cley
- Daizen Maeda
- Léo Andrade
- Bambock
- Kerkez
- Marcelinho
- Nequecaur
Saídas
- Joel Tagueu
- Ricardo Valente
- Coronas
- Jean Cleber
- João Gamboa
- Broetto
Maritimo
O Club Sport Marítimo é o maior clube desportivo da ilha da Madeira. Fundado em 20 de setembro de 1910.
O Club Sport Marítimo venceu o Campeonato de Portugal de 1925–26.  Esteve um longo período sem poder participar nos campeonatos nacionais, voltando a disputá-los em 1973.
Desde então marcou presença por quarenta vezes na Primeira Liga, alcançou por duas vezes as finais da Taça de Portugal e da Taça da Liga, e participou por nove vezes na Taça UEFA/Liga Europa. O clube venceu ainda por duas vezes a II Divisão.
Estádio: O Marítimo manda seus jogos no Estádio dos Barreiros, com capacidade para 10.600 espectadores.
Treinador Atual: Nuno Manta Santos
Plantel: O clube possui 31 jogadores em seu plantel, sendo 24 estrangeiros e a média de idade é de 25,6 anos.
Valor de Mercado Total: 15,65 M €
O que esperar do Marítimo:
Após uma temporada passada difícil na qual a equipe perdeu 19 jogos e teve o pior ataque da competição totalizando míseros 26 gols (50% dos jogos sem marcar nenhum gol).
A equipe agora comandada por Nuno Santos vem em busca de maior qualidade ofensiva e solidez na troca de passes para assim não correrem tanto risco como na temporada passada.
A palavra chave que define o momento é “tranquilidade”, para conseguirem se manter novamente na liga sem passarem grandes sustos. Para suprir a carência de gols o clube foi buscar o extremo Marcelinho (ex- Londrina BR).
Ainda conta com a experiência do defesa central Zainadine e do lateral esquerdo Rúben Ferreira para darem o equilíbrio necessário a equipe, e assim se manterem na Primeira Liga.

MOREIRENSE

Moreirense FC
Fundação: 1938
Título: não tem
Estádio: Parque Joaquim Almeida Freitas (9.000)
Time-base (4-2-3-1)
Pasinato
João Aurélio, Steven Vitória, Halliche e Djavan
Fábio Pacheco e Ibrahima
Bilel, Pedro Nuno e Fábio Abreu
Nenê
Técnico: Vítor Campelos
Brasileiros: Iago Santos, Nenê, Mateus Pasinato, Lucas, Djavan e Luiz Henrique
Estádio:
Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas
Capacidade:
6.153
Orçamento:
3,5 milhões
Treinador
Vítor Campelos
Onze provável:
Mateus Pasinato
João Aurélio
Iago Santos
Steven Vitória
Djavan
Fábio Pacheco
Alex Soares
Bilel
Luís Machado
Pedro Nuno
Nenê
A última época superou todas as expectativas. Esta, com novo treinador e muitas mudanças no plantel, deverá ser de regresso ao objetivo da manutenção. O Moreirense quererá evitar ser um daqueles clubes que descem logo após uma temporada histórica.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Pedro NunoNa temporada passada, o extremo trocou o Tondela pelo Moreirense e a subida de exigência - de uma equipa que lutou para não descer para outra que disputou o quinto lugar até à última jornada - não o afetou, nem à sua capacidade de se desfazer dos adversários em drible. Ao todo, Pedro Nuno brilhou com cinco golos e quatro assistências em 32 jogos e erigiu-se como uma das estrelas do Moreirense.
Fábio PachecoChegou, viu e convenceu. Equilibra e puxa os cordelinhos do Moreirense, a partir do miolo.
Alex SoaresO médio ex-Marítimo volta do Chipre com estatuto e espera-se que seja um dos líderes do novo Moreirense.
Steven VitóriaCentral com currículo invejável. Fecha quadriénio no estrangeiro para liderar a defesa cónega.
DjavanUm dos mais cotados laterais do campeonato. Tem a difícil missão de fazer esquecer Rúben Lima.
Entradas
- Steven Vitória
- Alex Soares
- Fábio Abreu
- Lazar Rosic
- Djavan
- Filipe Soares
- Mateus Pasinato
- Luiz Henrique
- Sori Mané
- Luís Machado
- Abdu Conté
- Luther Singh
Saídas
- Chiquinho
- Heriberto
- Arsénio
- Alan Schons
- Ivanildo
- Rúben Lima
- Neto
- Ricardo Almeida
Moreirense
Moreirense Futebol Clube é um clube desportivo de Moreira de Cónegos, freguesia do concelho de Guimarães. O clube foi fundado em 1 de novembro de 1938. Disputou a Primeira Liga pela primeira vez na temporada 2002/03.
Em sua história destacam-se a conquista da Segunda Liga em 2001/2002 e em 2013/14 e da Taça da Liga em 2016/2017.
Estádio: O Moreirense F.C manda seus jogos no E.C.J. de Almeida Freitas, com capacidade para 6.153 espectadores.
Treinador Atual: Vitor Campelos.
Plantel: O clube possui 27 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 26,6 anos.
Valor de Mercado Total: 11,05 M €
O que esperar do Moreirense:
Após uma fantástica temporada na qual alcançou sua melhor classificação de sempre um 6º lugar a equipe então comandada por Ivo Vieira (atualmente no V.Guimarães) tem para esta temporada objetivos mais realista de se manterem ao meio da tabela.
Após a saída de um de seus destaques Chiquinho (médio central) ao Benfica por 3.75M€ a equipe inicia essa temporada confiante nos gols do avançado uruguaio Texeira e na experiência do internacional argelino Halliche para alcançar seus objetivos.
O novo comandante Vitor Campelos terá uma missão dura de manter os holofotes ao Moreirense, e quem sabe sonhar com uma vaga na Liga Europa.



PAÇOS DE FERREIRA

FC Paços de Ferreira
Fundação: 1950
Títulos: não tem
Estádio: da Mata Real (9.077)
Time-base (4-4-2)
Ricardo Ribeiro
Bruno Santos, Marco Baixinho, Maracás e Bruno Teles
Pedrinho, Diaby, Luiz Carlos e Bernardo Martins
Uilton e Douglas Tanque
Técnico: Filipe Rocha (Filó)
Brasileiros: Bruno Teles, Uilton, Nathan Júnior, Bruno Santos, Luiz Carlos, Rafael Gladiador, Maracás, Douglas Tanque e Kevem
Estádio:
Estádio Capital do Móvel
Capacidade:
9.000
Orçamento:
4 milhões
Treinador
Filipe Rocha
Onze provável:
Ricardo Ribeiro
Bruno Santos
Marco Baixinho
André Micael
Oleg
Luiz Carlos
Bernardo Martins
Pedrinho
Hélder Ferreira
Murilo
Douglas Tanque
FC Paços de Ferreira
A passagem pela II Liga não durou. O Paços de Ferreira desceu em 2017/18, mas regressou apenas uma época depois. A equipa mantém a espinha dorsal, e traz mais reforços para evitar o que aconteceu há duas temporadas.
Figuras
Luiz Carlos O experiente médio foi o melhor jogador da II Liga na última temporada. Apesar dos 34 anos, continua a mostrar muita qualidade no regresso a Portugal, depois de três temporadas no estrangeiro, na Arábia Saudita e Turquia. Conta com quase 300 jogos no futebol português, e experiência europeia durante a passagem pelo Braga, fatores que o tornam imprescindível para uma equipa que procura voltar a afirmar-se na I Liga.
Pedrinho Médio-ofensivo ficou após a despromoção, e foi essencial na subida.
Marco Baixinho O capitão que lidera a equipa no regresso à I Liga, com mais de 100 jogos feitos pelo clube.
Douglas TanqueFez esquecer a saída de Luiz Phellype. Foi o melhor marcador da equipa, com 14 golos.
Hélder FerreiraO extremo procura afirmação definitiva, após ter provado valor na I Liga, no Vitória de Guimarães.
Entradas
- Hélder Ferreira
- André Micael
- Bernardo Martins
- Rafael Teixeira
- Lucas Cunha
- Bertelli
- Yago
- Maracás
- Rafael Gava
- Oleg
- Kevem
- Jorge Silva
- Dadashov
- Murilo
Saídas
- Júnior Pius
- Wagner
- Christian
- Rafael Barbosa
- Barnes Osei
- Elves Baldé
- Rui Correia
- Fatai
- Nininho
- Gonçalo Gregório
- Diogo Medeiros
- Carlos Henriques
- Marcos Valente
- Paulo Henrique
- Lucas Cunha
Paços
O Futebol Clube Paços de Ferreira é um clube de futebol sediado em Paços de Ferreira. Foi fundado em 5 de abril de 1950. O clube participou de 20 edições da Primeira Liga Nacional.
Foi finalista da Taça de Portugal em 2008/09 e da Taça da Liga em 2010/11. Participou por uma vez na Liga dos Campeões (2013/2014) e por três vezes na Liga Europa da UEFA (2007/08, 2009/10 e 2013/14).
Conseguiu um terceiro lugar na Primeira Liga em 2012/13 e venceu o Campeonato Nacional da Segunda Liga por quatro vezes (1990/91, 1999/00, 2004/05, 2018–19).
Estádio: O Paços de Ferreira manda seus jogos no Estádio Capital do Móvel, com capacidade para 9.200 espectadores.
Treinador Atual: Filó.
Plantel: O clube possui 34 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 24,8 anos.
Valor de Mercado Total: 10,20 M €
O que esperar do Paços Ferreira:
Após a conquista da 2ª Liga na temporada passada comandada pelo celebre “Rei das Subidas” Vitor Oliveira (atualmente no Gil Vicente) a equipe veem com o intuito de se firmar novamente na Primeira Liga, até pouco tempo atrás jogaram a Champions League (2013/2014) e o que se espera da equipe é que ao menos se mantenham na metade superior da tabela.
Aos comandos de Filó outro estreante na Primeira Liga, espera-se que a experiência dos médios centrais Luiz Carlos e André Leão sejam bem aplicadas nesta equipe que busca novamente se firmar na elite nacional.
* Devido a equipe ter disputado divisões inferiores não iremos considerar as estatísticas destas partidas.

PORTIMONENSE

Portimonense SC
Fundação: 1914
Título: não tem
Estádio: Municipal (9.544)
Time-base (4-3-3)
Ricardo Ferreira
Anzai, Lucas, Jadson e Henrique
Romulo, Pedro Sá e Paulinho
Tábata, Jackson Martínez e Marlos Moreno
Técnico: Antônio Folha
Brasileiros: Lucas Possignolo, Jadson, Rômulo, Dener, Paulinho, Bruno Tabata, Henrique, Luquinha, Samuel Portugal, Wellington, Willyan, Igor Neves, Ruster, Everson e Iury
Estádio:
Estádio Municipal de Portimão
Capacidade:
6.000
Orçamento:
3 milhões
Treinador
Folha
Onze provável:
Ricardo
Koki
Lucas
Jadson
Henrique
Dener
Pedro Sá
Paulinho
Tabata
Marlos Moreno
Jackson Martínez
O objetivo da última temporada era a aproximação aos lugares europeus, mas o clube estagnou a meio da tabela. Folha não conseguiu melhor do que o 12º lugar, e terá nova oportunidade de mostrar serviço no Algarve.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Jackson Martínez Os problemas físicos são evidentes, mas o internacional colombiano continua a mostrar a capacidade de finalização que revelou na sua primeira passagem por Portugal, no FC Porto. Depois de um verdadeiro calvário, com uma sucessão de graves lesões, Jackson vai continuar em Portimão para ser a referência do ataque, e tentar melhorar os nove golos apontados na última época.
Paulinho Foi dispensado pelo FC Porto, mas é imprescindível no meio-campo do clube algarvio.
Tabata Boas exibições no ataque do clube algarvio valeram a convocatória para a seleção olímpica do Brasil.
Anzai  Lateral versátil, que pode atuar dos dois lados. Chega à Europa, depois da estreia na seleção japonesa.
JadsonCentral que recebe total confiança de António Folha, apesar dos problemas físicos sofridos em 2018/19.
Entradas
- Marlos Moreno
- Rómulo
- Iury Castilho
- Everson
- Paulo Estrela
- Jorge Vilela
- Rodrigo Freitas
- José Gomes
- Payne
- Willyan
- Koki Anzai
- José Cevallos
- Luquinha
- Felipe Vieira
- Beto
Saídas
- Vìtor Tormena
- Lucas Fernandes
- Wellington Carvalho
- Marcel
- Leo Navacchio
- Rúben Fernandes
- Felipe Macedo
Portimonense
Portimonense Sporting Clube é um clube multidesportivo português, fundado em 14 de Agosto de 1914.
O clube participou de 16 edições da Primeira Liga Nacional, sendo seu melhor resultado uma 5 colocação no campeonato de 1984-1985.
Estádio: O Portimonense Sporting Clube manda seus jogos no Portimão Estádio, com capacidade para 6.000 espectadores.
Treinador Atual: António Folha.
Plantel: O clube possui 31 jogadores em seu plantel, sendo 24 estrangeiros e a média de idade é de 24,2 anos.
Valor de Mercado Total: 22,85 M €
O que esperar do Portimonense:
A temporada passada foi marcada por grandes dificuldades do setor defensivo, a equipe sofreu 59 gols, tornando-se uma das defesas mais vazadas da competição.
O treinador António Folha manteve-se no comando da equipe irá buscar equilibrar os setores a modo de evitar tanto exposição.
Vale ressaltar a qualidade dos médios Pedro Sá e Bruno Tabata além do renomado artilheiro colombiano Jackson Martinez como principais pilares desta equipe
A estratégia de contratar promessas a baixo custo, em sua maioria do Brasil e Japão deve se manter a longo prazo. Assim auxiliando a saúde financeira da equipe e criando um ciclo de estabilização da equipe na Primeira Liga.
Essa estratégia deve-se muito ao sucesso do extremo japonês Shoya Nakajima (hoje no FC Porto) no qual foi vendido na temporada passada por 35M € ao Al-Duhail. Assim estabelecendo um novo recorde ao clube.


PORTO

FC Porto
Fundação: 1893
Títulos: 28
Estádio: do Dragão (50.434)
Time-base (4-4-2)
Marchesín
Manafá, Pepe, Marcano e Alex Telles
Corona, Danilo, Uribe e Luis Diaz
Marega e Zé Luis
Técnico: Sérgio Conceição
Brasileiros: Alex Telles, Otávio, Vaná e Tiquinho Soares
Estádio:
Estádio do Dragão
Capacidade:
50.033
Orçamento:
90 milhões
Treinador
Sérgio Conceição
Onze provável:
Marchesín
Saravia
Pepe
Marcano
Alex Telles
Danilo
Sérgio Oliveira
Corona
Nakajima
Marega
Zé Luís
Equipamento principal
O FC Porto procura corrigir os erros da temporada passada e recuperar os títulos que perdeu para os rivais. Sérgio Conceição continua, mas terá ao seu comando muitas caras novas. É uma espécie de recomeço para os portistas.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
PepePepe regressa a casa para liderar uma defesa esmigalhada pelas saídas e mostrar que ainda consegue fazer a diferença ao mais alto nível. Foi esteio no Real Madrid, ainda o é na seleção nacional e, agora, pode voltar a ser na casa onde deixou saudades há mais de dez anos. Carta de apresentação dispensa-se: o currículo fala por si e dá ainda mais força à sua voz de comando.
MaregaEspelho do FC Porto de Sérgio Conceição. Marega tem duas épocas seguidas a marcar mais de 20 golos.
CoronaConfirmou, enfim, todo o potencial. Sem Brahimi, terá de provar que a última época não foi fogo de vista.
NakajimaDe regresso a Portugal, espera-se que a magia do japonês não se esfume com a subida de patamar.
DaniloO capitão é o pêndulo da equipa, tem golo e a sua ausência costuma deixar um vazio à frente da defesa.
Entradas
- Nakajima
- Marchesín
- Zé Luís
- Marcano
- Saravia
- Matheus Uribe
- Luís Díaz
Saídas
- Éder Militão
- Felipe
- Brahimi
- Herrera
- Óliver
- Hernâni
- André Pereira
- Maxi Pereira
- Adrián
- Fabiano
Porto
Futebol Clube do Porto, sedeado na cidade do Porto. Foi fundado em 28 de setembro de 1893, é um dos “três grandes” clubes de Portugal, juntamente com o Sporting e o Benfica, os seus grandes rivais.
O clube nunca foi despromovido do campeonato desde que este foi estabelecido em 1934.
O FC Porto é um dos mais bem sucedidos clubes portugueses no que toca ao total de títulos ganhos pela equipa de futebol profissional, com um total de 76 oficiais.
Entre tantos títulos destaca-se a Taça dos Campeões Europeus e a Liga dos Campeões da UEFA em 1986–87 e 2003–04, respetivamente; a Taça UEFA e a Liga Europa da UEFA em 2002–03 e 2010–11.
Estádio: O FC Porto manda seus jogos no Estádio do Dragão, com capacidade para 50.399 espectadores.
Treinador Atual: Sérgio Conceição
Plantel: O clube possui 32 jogadores em seu plantel, sendo 21 estrangeiros e a média de idade é de 25,1 anos.
Valor de Mercado Total: 261,25 M €
O que esperar do FC Porto:
Após o vice campeonato na temporada passada, a equipe comandada por Sergio Conceição veem buscar o topo novamente.
Sendo uma das equipes que mais sofreram baixas dos “3 grandes” com a saída de diversos jogadores do elenco (Felipe, Éder Militão, Oliver Torres, Maxi Pereira, Hernani, Adrian Lopez, Herrera e Brahimi).
Dentre estas as duas últimas mencionadas com certeza foram as mais sentidas, pois ambos saíram a custo zero e eram peças fundamentais na equipe.
A manutenção de Alex Telles e Danilo Pereira são pontos positivos a qual se deve ressaltar, juntamente com a contratação de diversos jogadores (Saraiva, Nakajima, Zé Luíz, Luis Diaz, Matheus Uribe e Augustin Marchesín).
Entre as caras novas temos que destacar a qualidade do camisa 10 da seleção Japonesa, Shoya Nakajima que retorna ao futebol português após um pequeno período nos Emirados Árabes Unidos.
E também a contratação de Augustin Marchesin, experiente guarda redes argentino para suprir a baixa de Iker Casillas após se aposentar precocemente devido problemas de saúde.
Temos que manter sempre os olhos atentos ao FC Porto pois trata-se de uma nova equipe, mas com a manutenção do treinador algo que não irá faltar é luta dos novos comandados para mostrarem a que veio.
Fiquem de olho na dupla de talentos do Olival – campeões nacionais e europeus sub19, Romário Baró e Fabio Silva.


RIO AVE

Rio Ave FC
Fundação: 1839
Títulos: não tem
Estádio: do Rio Ave (12.815)
Time-base (4-3-3)
Kieszek
Júnio Rocha, Borevkovic, Nélson Monte e Pedro Amaral
Tarantine, Filipe Augusto e Diego Lopes
Nuno Santos, Mehdi Tehremi e Carlos Mané
Técnico: Carlos Carvalhal
Brasileiros: Matheus Reis, Filipe Augusto, Murilo, Diego Lopes, Junio, Ronan, Messias, Gabrielzinho e Paulo Vítor
Estádio:
Estádio dos Arcos Capacidade:
9.065
Orçamento:
9 milhões
Treinador
Carlos Carvalhal
Onze provável:
Kieszek
Júnio Rocha
Aderllan Santos
Borevkovic
Matheus Reis
Filipe Augusto
Tatantini
Diego Lopes
Nuno Santos
Carlos Mané
Mehdi Taremi
Carlos Carvalhal é o novo e reputado farol de Vila do Conde, para evitar a inconstância e quase aflição que pautou o percurso do Rio Ave na temporada passada. O objetivo é claro: o apuramento para as competições europeias.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Carlos Mané Prometeu muito quando apareceu na equipa principal do Sporting, vindo da formação. Contudo, seja pelas lesões, pela falta de aposta, ou pela inconsistência, o extremo tarda em dar o passo de decisivo de jovem promessa para o nível seguinte. A chegada ao Rio Ave, um clube com objetivos ambiciosos, representa uma nova vida para Carlos Mané, que sob o comando de Carlos Carvalhal pode finalmente "explodir".
Nuno Santos Terminou a última época em grande nível, após lesão grave. É um dos extremos mais perigosos da Liga.
Mehdi Taremi  O internacional iraniano vem com garantia de golos, para mostrar o porquê da popularidade no Instagram.
Filipe Augusto O médio brasileiro regressa a Vila do Conde para recuperar o lugar que era seu e voltar a ser feliz.
TarantiniCapitão e símbolo do Rio Ave, fundamental para transportar a "mística" ao longo das épocas.
Entradas
- Carlos Mané
- Mehdi Taremi
- Aderllan Santos
- Pedro Amaral
- Kieszek
Saídas
- Léo Jardim
- Galeno
- Fábio Coentrão
- Rúben Semedo
- Jonathan Buatu
- Carlos
- Gelson Dala
- Murilo
Rio Ave
O Rio Ave Futebol Clube é um clube português de futebol, da cidade de Vila do Conde, que disputa atualmente a Primeira Liga.
Foi fundado em 10 de Maio de 1939.O clube estreou nas competições europeias ao participar da 3ª Pré-Eliminatória da Liga Europa da UEFA de 2014–15.
Estádio: O Rio Ave manda seus jogos no Estádio dos Arcos ,com capacidade para 9.065 espectadores.
Treinador Atual: Carlos Carvalhal.
Plantel: O clube possui 29 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 25,2 anos.
Valor de Mercado Total: 17,85 M
O que esperar do Rio Ave:
A equipe inicia a temporada buscando se manter na metade superior da tabela, almejando uma vaga em competições europeias, na temporada passada teve uma péssima performance na UEFA sendo eliminados ainda na 2ª pré eliminatória junto aos polacos do Jagiellonia.
O experiente treinador Carlos Carvalhal terá dificuldades em alcançar este objetivo novamente tendo em vista a saída de peças fundamentais como o guarda redes Léo Jardim, o defesa central Rúben Semedo e o experiente lateral esquerdo Fábio Coentrão.
Para suprir as baixas a equipe foi ao mercado e buscou o extremo direito Carlos Mané e o experiente guarda redes Pawel Kieszek.
Ainda tem-se a esperança que a equipe avance para contratação demais um jovem guarda redes, pois seu histórico de acertos (Oblak, Ederson e Léo Jardim) os trazem sempre a buscar melhores soluções.
Espera-se que o setor defensivo seja fortalecido tendo em vista que levou 52 gols na temporada passada. E que o setor ofensivo se mantenha eficaz falhando ao gol em apenas 15% das atuações.



SANTA CLARA

CD Santa Clara
Fundação: 1921
Títulos: não tem
Estádio: de São Miguel (13.277)
Time-base (4-2-3-1)
Marco
Patrick, João Afonso, Fábio Cardoso e João Lucas
Francisco Ramos e Osama Rashid
Ukra, Bruno Lamas e Carlos Júnior
Guilherme Schettine
Técnico: João Henriques
Brasileiros: Bruno Lamas, César, Carlos, Thiago Santana, Lincoln, Anselmo Carvalho, Lucas Marques, Patrick, Pablo Diogo, Guilherme Schettine e João Lopes
Estádio:
Estádio de São Miguel
Capacidade:
12.500
Orçamento:
3 milhões
Treinador
João Henriques
Onze provável:
Marco
Patrick
Fábio Cardoso
João Afonso
Mamadu Candé
Rashid
Francisco Ramos
Bruno Lamas
Ukra
Schettine
Zé Manuel
Depois de uma época tranquila no regresso ao primeiro escalão, o Santa Clara de João Henriques quer consolidar-se no primeiro escalão e fazer o que nunca foi feito na história do emblema açoreano: três temporadas consecutivas na I Liga.
Figuras
Rashid O internacional iraquiano arranca a quarta temporada no Santa Clara. O médio chamou à atenção, com sete golos e oito assistências, na temporada passada, que foi de estreia na I Liga. Com o contrato renovado até 2021, Rashid quer continuar a fazer história no clube açoriano, ao ser essencial no equilíbrio do meio-campo: defende, assiste, e é o responsável por grande parte das bolas paradas, fazendo dos livres diretos uma das suas principais armas.
Fábio Cardoso  Revelação da última temporada. O central juntou à solidez defensiva boa capacidade de finalização.
Bruno Lamas Depois de uma temporada de adaptação na I Liga, espera-se a afirmação do médio esquerdino.
Francisco Ramos  O jovem criativo fica nos Açores por mais uma temporada, por empréstimo do Vitória de Guimarães.
Zé ManuelDepois de uma época difícil em 2017/18, o avançado voltou a mostrar o seu valor nos Açores, com oito golos.
Entradas
- Rafael Ramos
- João Afonso
- Lincoln
- Nené
- André Ferreira
- Carlos Júnior
- Steven Pereira
- Zaidu Sanusi
Saídas
- Kaio Pantaleão
- Serginho
- Minhoca
- Rui Silva
- Clemente
- Accioly
- Chrien
- Pacheco
Santa Clara
O Clube Desportivo Santa Clara é um clube de Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores, Portugal.
clube foi fundado em 12 de Maio de 1927. É o clube mais representativo dos Açores.
Os seus maiores feitos, foram a conquista do Campeonato Nacional da II Liga em 2000/2001; do Campeonato Nacional da 2ª Divisão em 1997/1998; e as suas 3 presenças no Campeonato Nacional da 1ª Divisão.
No dia 6 de maio de 2018 garantiu a acesso, após 15 anos na segunda liga , à Primeira Liga Portuguesa.
Estádio: O Santa Clara manda seus jogos no Estádio de São Miguel, com capacidade para 15.000 espectadores.
Treinador Atual: João Henriques.
Plantel: O clube possui 29 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 26,0 anos.
Valor de Mercado Total: 15,05 M €
O que esperar do Santa Clara:
Após um 10ª colocação na temporada passada, os micaelenses veem para esta temporada buscando manter o padrão e consequentemente sua estabilidade no primeiro escalão nacional.
A continuidade do treinador João Henriques é muito bem vista e apesar da saída do médio defensivo Kaio Pantaleão ao Krasnodar por 3M € espera-se que o capitão Rashid juntamente com o médio Bruno Lamas e os gols do ponta de lança Guilherme, consigam levar esta equipe a mais uma temporada tranquila e sem grandes sustos.
Vale lembrar que na temporada passada a equipe conquistou a 52% dos seus pontos fora de casa. Logo se estes manterem esta média e tiveram um melhor aproveitamento em casa quem sabe podem surpreender nesta temporada.

SPORTING

Sporting Clube de Portugal
Fundação: 1906
Títulos: 18
Estádio: José Alvalade (50.095)
Time-base (5-4-1)
Renan Ribeiro
Thierry Correia, Luis Neto, Coates, Mathieu e Acuña
Raphinha, Doumbia, Wendel e Bruno Fernandes
Bas Dost
Técnico: Marcel Keizer (Holanda)
Brasileiros: Renan Ribeiro, Eduardo Henrique, Raphinha, Luiz Phellype, Wendel e Matheus Pereira
Estádio:
Estádio José Alvalade Capacidade:
50.095
Orçamento:
70 milhões
Treinador
Marcel Keizer
Onze provável:
Renan
Rosier
Coates
Mathieu
Borja
Doumbia
Wendel
Bruno Fernandes
Raphinha
Vietto
Bas Dost
Sporting CP
As duas taças conquistadas na última época levam o Sporting a apresentar candidatura ao título mais consistente que em anos anteriores. Esta época é, também, o primeiro grande teste para o treinador, Marcel Keizer, e o presidente, Frederico Varandas.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Bruno Fernandes  O médio mais goleador numa só época da história tem atraído interesse de "tubarões" europeus, mas contina no Sporting e, por enquanto, os adeptos respiram de alívio. A meia-distância é impressionante, a cultura tática é própria de quem "nasceu" no futebol italiano e a capacidade de liderança traduz-se na coragem e vontade de assumir o protagonismo em cada jogo. O Sporting tende a ser "Bruno Fernandes e mais dez".
Vietto O ex-Atlético de Madrid tem no Sporting oportunidade de ouro para passar de promessa a certeza.
Bas Dost Na pior época no Sporting, o holandês fez 23 golos. Ainda assim, quererá lavar a imagem e voltar a ser ídolo.
Wendel Encontrou-se na última época, com Marcel Keizer. O médio brasileiro é, hoje, peça indispensável.
Mathieu Os anos passam e Mathieu continua a ser dos melhores centrais em Portugal. É o patrão da defesa leonina.
Entradas
- Vietto
- Rafael Camacho
- Plata
- Valentin Rosier
- Eduardo Henrique
- Luís Neto
Saídas
- Salin
- Carlos Mané
- Gudelj
- Geraldes
 Sporting
O Sporting Clube de Portugal foi fundado em 1 de julho de 1906, com sede em Lisboa no Complexo Alvalade XXI.
É um dos “Três Grandes” clubes em Portugal, juntamente com SL Benfica e FC Porto.
O clube foi campeão nacional da Liga Portuguesa por 18 vezes, sendo também detentor de 17 Taças de Portugal, 4 Campeonatos de Portugal, 8 Supertaças e 2 Taças da Liga (total de 49 títulos nacionais).
Estádio: O Sporting Clube de Portugal manda seus jogos no Estádio José Alvalade, com capacidade para 50.080 espectadores.
Treinador Atual: Marcel Keizer
Plantel: O clube possui 34 jogadores em seu plantel, sendo 25 estrangeiros e a média de idade é de 25,8 anos.
Valor de Mercado Total: 211,25 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.sporting guia 2
O que esperar do Sporting:
Após uma temporada com a conquista de duas taças, a de Portugal e a da Liga.
A equipe apresentou um futebol acima do esperado, mesmo após o ocorrido em Alcochete a equipe se portou bem durante a Primeira Liga e ficaram em 3º lugar com 74 pontos sem grandes dificuldades.
A equipe treinada por Marcel Keizer veem para esta temporada buscando voos mais altos e quem sabe uma qualificação a Champions League ou até um eventual título.
Toda vez que se menciona Sporting temos a cabeça o nome de Bruno Fernandes, definitivamente não há mais adjetivos para as exibições do médio ofensivo dos Leões.
O planejamento da equipe depende-se muito da sua permanência em Alvalade. A equipe possui diversos jogadores novos e de alta qualidade como o médio central Wendel e o extremo Raphinha, espera-se que esses cumpram com as expectativas de escreverem seus nomes na história leonina.
Na temporada passada foi apresentado um futebol ofensivo com 72 gols marcados e batendo a linha de Over 2,5 em 65% das partidas, além de uma defesa sólida, na qual levou apenas 33 gols na temporada passada.
A equipe foi ao mercado e garantiu os serviços do lateral direito Valentin Rosier e do ponta de lança Luciano Vietto, além da excelente aquisição a custo zero do defesa central experiente Luis Neto junto ao Zenit da Russia.
Como principais baixas temos o defesa central Domingos Duarte e o lateral esquerdo Jonathan Silva, ambos que nunca conseguiram se estabilizar na equipe leonina.

TONDELA

CD Tondela
Fundação: 1933
Título: não tem
Estádio: João Cardoso Tondela (5.000)
Time-base (4-4-2)
Cláudio Ramos
Moufi, Bruno Wilson, Yohan Tavares e João Vigário
Bruno Monteiro, Pepelu, Jaquité e Rubilio Castillo
Xavier e Richard Rodrigues.
Técnico: Natxo González (Espanha)
Brasileiros: Philipe Sampaio e Pedro Augusto
Estádio:
Estádio João Cardoso
Capacidade:
5.000
Orçamento:
3 milhões
Treinador
Natxo González
Onze provável:
Cláudio Ramos
Moufi
Yohan Tavares
Philipe Sampaio
João Vigário
Jaquité
Pepelu
João Pedro
Xavier
Murillo
Xavier
Toro
CD Tondela
O clube beirão segurou-se na I Liga pelas pontas dos dedos, ao vencer o Desportivo de Chaves, na última jornada, num "mata-mata". Com treinador novo espanhol e muitos reforços, o Tondela continua a tentar cimentar o distrito de Viseu na I Liga.
Figuras
 Cláudio Ramos O guarda-redes de 27 anos estreou-se pela seleção portuguesa na última época, após oito temporadas a mostrar serviço no clube beirão. Tem sido associado a clubes de maior dimensão, mas o capitão deverá continuar para liderar a equipa, numa temporada em que viu sair vários jogadores importantes. É a principal peça do novo Tondela, de Natxo González, e será imprescindível no objetivo de uma época mais tranquila do que a anterior.
ToroDeu o salto para o primeiro escalão, depois de grande destaque na II Liga, no Varzim e Académica.
XavierExtremo esquerdino fez a melhor temporada da carreira, com sete golos e dez assistências.
João PedroChegou em janeiro e foi crucial para a manutenção. Ficará mais uma temporada emprestado pelo LA Galaxy.
Yohan TavaresExperiente defesa-central regressa a Portugal para colmatar as muitas saídas do Tondela na posição.
Entradas
- Jonathan Toro
- Bruno Wilson
- Philipe Sampaio
- Yohan Tavares
- Richard Rodrigues
- João Vigário
- João Vigário
- Filipe Ferreira
- Pepelu
- Pedro Augusto
- Manu Sánchez
- Strkalj
Saídas
- Tomané
- Joãozinho
- David Bruno
- Ricardo Costa
- Jorge Fernandes
- Sergio Peña
- Ícaro
- Delgado
- Tembeng
- Sabbag
- Arango
Tondela
O Clube Desportivo de Tondela tem como sede na cidade de Tondela, distrito de Viseu. Foi fundado em 6 de Junho de 1933.
O clube foi promovido à Primeira Liga na época de 2015/2016 depois de três épocas consecutivas na II Liga (2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015).Em 2014/15 o Clube Desportivo de Tondela sagrou-se Campeão Nacional da II Liga, subindo à Primeira Liga.
Estádio: O Clube Desportivo Tondela manda seus jogos no Estádio João Cardoso , com capacidade para 5.000 espectadores.
Treinador Atual: Natxo Gonzalez.
Plantel: O clube possui 27 jogadores em seu plantel, sendo 11 estrangeiros e a média de idade é de 25,1 anos.
Valor de Mercado Total: 11,05 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.tondela guia 2
O que esperar do Tondela:
A equipe tondelense inicia esta temporada buscando novamente a manutenção na Primeira Liga e terá muito trabalho para se firmar como tal.
O treinador espanhol Natxo González perdeu diversos jogadores, entre eles o avançado Tomané que foi negociado ao Estrela vermelha por 750 mil € e experiente defesa central Ricardo Costa que juntou-se ao Boavista FC.
Por outro lado a manutenção de Cláudio Ramos, um dos melhores guarda redes portugueses da atualidade é muito bem vinda.
Esperasse que a experiência do defesa central Yohan Tavares e as assistências do extremo Xavier sejam o suficiente para manterem-se na elite.
Na temporada passada a equipe apresentou uma das piores defensivas levando 54 gols, assim tendo sua baliza inviolada apenas 12% dos jogos.
Seu ataque com 40 gols foi satisfatório tendo em vista que marcaram um gol a mais do que o 6º colocado Moreirense.



VITÓRIA DE GUIMARÃES

Vitória SC
Fundação: 1922
Títulos: não tem
Estádio: D. Afonso Henriques (30.165)
Time-base (4-3-3)
Miguel Silva
Sacko, Tapsoba, Pedro Henrique e Rafa Soares
Joseph, Pedro Rodrigues e Al Musrati
Rochinha, Alexandre Guedes e Davidson
Técnico: Ivo Vieira
Brasileiros: Douglas, Pedrão, Welthon, Jhonatan e Davidson
Estádio D. Afonso Henriques
Capacidade:
30.000 Orçamento:
10 milhões
Treinador
Ivo Vieira
Onze provável:
Miguel Silva
Sacko
Tapsoba
Pedro Henrique
Rafa Soares
Wakaso
André André
Pêpê Rodrigues
Rochinha
Davidson
Guedes
Ivo Vieira chega a Guimarães para repetir o que fez no Moreirense: história. Com sede de bons resultados na Europa e no campeonato, e um novo presidente ao leme, o Vitória tenta, também, discutir o estatuto de maior clube do Minho.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
DavidsonA mudança de Chaves para Guimarães fez bem ao extremo brasileiro. Na temporada passada, foi o jogador com mais jogos do Vitória, com 39, assim como o melhor marcador, com 10 golos, o melhor registo da carreira. Com Ivo Vieira, tem a tarefa de continuar a liderar o ataque vitoriano, com a sua velocidade e capacidade técnica.
André PereiraO avançado tenta encontrar o espaço que não teve no FC Porto e mostrar que pode fazer a diferença.
André AndréO médio internacional português regressou ao Berço na última época e nem se notou que saíra.
WakasoO médio-defensivo pode ser a rede de segurança de um Vitória que, com Ivo Vieira, mantém o cariz ofensivo.
Pedro HenriqueO central brasileiro segue para a quinta época no Berço como um dos mais cotados em Portugal.
Entradas
- Jhonatan
- André Pereira
- Blati Touré
- Mikel Agu
- Bruno Duarte
- Bondarenko
- João Pedro
- Lucas Soares
- Poha
Saídas
- Tozé
- Osorio
- Mattheus Oliveira
- Rincón
- João Afonso
Vitoria Guimarães
O Vitória Sport Clube, fundado em 22 de setembro de 1922 e sediado na cidade de Guimarães. Reconhecido sobretudo pela sua enorme massa adepta, e pelas grandes deslocações fora,
Na Primeira Liga é o 4º clube com mais presenças no maior escalão do futebol Português, contabilizando 73 presenças, sendo também detentor de uma Taça de Portugal e de uma Supertaça Cândido de Oliveira.
O acesso às provas europeias é norma para a equipa vimaranense, tendo já disputado eliminatórias da Liga dos Campeões da UEFA e fases de grupos da Liga Europa recentemente.
Estádio: O Vitória de Guimarães manda seus jogos no Estádio D. Afonso Henriques, com capacidade para 29.865 espectadores.
Treinador Atual: Ivo Vieira.
Plantel: O clube possui 34 jogadores em seu plantel, sendo 18 estrangeiros e a média de idade é de 24,9 anos.
Valor de Mercado Total: 43,68 M €
O que esperar do V. Guimarães:
Após a 5ª colocação na temporada passada com 52 pontos, os vimaranenses comandados agora por Ivo Vieira (após uma fantástica temporada a frente do Moreirense) chegam a esta temporada como uma grande oportunidade de se consolidarem como candidatos diretos a uma vaga na Liga Europa.
A equipe teve a saída confirmada do médio Tozé ao Al Nasr a custo zero, sem dúvidas um jogador que irá fazer imensa falta a equipe de Guimarães.
Na temporada passada a equipe levou apenas 34 gols apresentando uma defesa solida e dando poucas oportunidades aos rivais, comandada pelo defesa central Pedrão espera-se que este bom trabalho se mantenha e que os avançados Alexandre Guedes e Davidson consigam concluir as oportunidades criadas em gols.
A força dos Vimaranenses em casa perdendo apenas 3 jogos na ultima temporada deve ser levada sempre em conta.



VITÓRIA DE SETÚBAL

Vitória FC
Fundação: 1910
Título: não tem
Estádio: do Bonfim (21.530)
Time-base (4-4-2)
Milton Raphael
Luís Cortez, Baba Fernandes, Bruno Pirri e André Sousa
Leandro Vilela, Nuno Valente, Carlinhos e Mathiola
Berto e Guedes
Técnico: Sandro Mendes
Brasileiros: Gustavo Cascardo, Éber, Bruno Pires, Milton Raphael, Leandro Vilela, Carlinhos e Sávio Roberto
Vitória Setúbal
O Vitória Futebol Clube, também conhecido como Vitória de Setúbal,foi fundado em 20 de Novembro de 1910 e sediado na cidade de Setúbal, em Portugal.
Seus principais feitos são 3 Taças de Portugal (1964-65, 1966-67, 2004-05), 1 Taça da Liga (2007-08), 1 Mini-Copa do Mundo (1970), 2 Troféus Ibéricos (1968, 1974), 1 Supertaça Ibérica (2005), 3 Taças Ribeiro dos Reis (1962-63, 1968-69, 1969-70) e 1 Troféu Teresa Herrera (1968).
O Vitória é também o 6º clube mais titulado do futebol nacional, é o 4º clube com mais finais da Taça de Portugal (10, ao todo) além de ser também o 6º clube com mais presenças no Campeonato Nacional da Primeira Liga.
Estádio: O Vitória de Setúbal manda seus jogos no Estádio do Bonfim, com capacidade para 18.642 espectadores.
Treinador Atual: Sandro Mendes.
Plantel: O clube possui 33 jogadores em seu plantel, sendo 13 estrangeiros e a média de idade é de 26,1 anos.
Valor de Mercado Total: 12,48 M €
Últimos 11: Ao lado a escalação do time em seu último jogo.setubal guia 2
O que esperar do V. Setúbal:
A equipe treinada por Sandro Mendes chega a Primeira Liga como único objetivo a manutenção desta, não realizando contratações de destaque porem mantendo a base da equipe que conseguiu a promoção na temporada anterior.
A saída do avançado Cádiz é uma baixa considerável, porém para seu lugar a equipe foi atrás da contratação do experiente avançado Guedes que retorna a Portugal após uma temporada nos Emirados Árabes Unidos.
A equipe está sendo montada com diversos talentos do sub 23 e promovendo a chegada de alguns jovens
A confiança no defesa central e capitão Vasco Fernandes é grande, um dos pilares da equipe nos momentos mais difíceis da jornada.
 Estádio:
Estádio do Bonfim
Capacidade:
15.497
Data de Fundação:
1910
Orçamento:
3,7 milhões
Treinador
Sandro Mendes
Onze provável:
Makaridze
Mano
Artur Jorge
Bruno Pires
Sílvio
José Semedo
Nuno Valente
Éber Bessa
Zequinha
Hildeberto Pereira
Khalid Hachadi
A manutenção foi muito suada, e Sandro Mendes, ícone do clube, mantém-se à frente da equipa, para alcançar uma temporada mais tranquila no primeiro escalão e segurar o histórico clube sadino na I Liga.
Figuras
Clique no jogador para saber mais informação
Hildeberto PereiraContinua a relançar a carreira, depois de ter sido uma das principais figuras na difícil luta pela manutenção. Outrora considerado uma das grandes promessas do Benfica, perdeu o protagonismo após passagens mal sucedidas pelo Nottingham Forest, Légia de Varsóvia e Northampton Town. Pensou terminar carreira, mas reencontrou o gosto pelo futebol no Bonfim.
Nuno Pinto O lateral está de regresso, depois de ultrapassado o linfoma que colocou a carreira em pausa.
Éber Bessa  O jogador mais criativo do plantel arranca a segunda temporada no Bonfim e a sexta no campeonato.
SílvioExperiente lateral relança a carreira depois de uma grave lesão, e dá cartas dos dois lados da defesa.
Nuno Valente O médio que tem a tarefa de ser sucessor de Rúben Micael no cargo de patrão do meio-campo no Bonfim.
Entradas
- Khalid
- João Serrão
- João Meira
- Leandro Vilela
- Pedro Pinto
- João Valido
- Carlinhos
Saídas
- Cádiz
- Rúben Micael
- Allef
- Cristiano
- Mikel Aku
- Vasco Fernandes